segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Empatia Nos Negócios Sociais: conheça a OutroNós


Nós, do Social Brasilis, tivemos uma conversa pra lá de legal com as fundadoras do OutroNós, negócio social de Campinas-SP que trabalha a empatia. Veja só como a inovação está presente de todas as formas no universo social.

Social Brasilis (SB): O que é o OutroNós?


OutroNós: Somos um negócio social que facilita encontros entre grupos completamente diferentes entre si, cada grupo possui a missão de multiplicar conhecimentos colaborando para o desenvolvimento mútuo entre eles. Com isso, criamos ambientes propícios à troca de experiência e conscientização da importância que o outro possui na construção de nosso mundo, agindo diretamente na transformação de pessoas!



SB: Qual objetivo principal do projeto?

OutroNós: Temos como principal objetivo tornar as pessoas empaticamente mais inteligentes. A compreensão da importância do outro para nossa transformação está diretamente ligada a consciência do respeito a diversidade humana. Contribuir para tornar as pessoas empaticamente mais inteligentes é agir na diminuição de julgamentos e preconceitos tornando o mundo muito mais acessível e inclusivo a todos.

SB: Como e quando surgiu a ideia do projeto? Qual a inspiração inicial?

OutroNós: O projeto surgiu da nossa inquietação frente aos julgamentos e preconceitos com as pessoas que são consideradas ‘fora do comum’ pela sociedade.
Durante a participação no Social Good Brasil - LAB em 2015, desenvolvemos e aprimoramos a nossa ideia, utilizando a empatia como ferramenta principal para essa transformação social.
Inicialmente nos inspiramos nos conceitos do filosofo australiano Roman Krznaric, sobre o potencial transformador da empatia. As consequências da empatia nas relações humanas são nossos combustíveis na busca, cada vez mais, por essas conexões com o outro.


SB: A palavra "empatia" tem sido escutada e sentida nos últimos anos de forma mais intensa, qual o conceito literal da palavra?

OutroNós: A empatia é um dos pilares da inteligência emocional. É a capacidade de se colocar no lugar do outro, realizar um salto imaginário na tentativa de compreender seus sentimentos e perspectivas. Usamos essa compreensão para guiar as nossas ações. Dessa forma, a empatia permite repensar conceitos já estabelecidos e compreender que existem diversas visões de mundo, contribuindo assim, para o respeito a essa diversidade.

SB: Como é trabalhar e colocar a empatia em prática diariamente? Um exemplo vivenciado pelo projeto.

OutroNós: A empatia precisa ser treinada constantemente, quanto mais praticamos mais desenvolvemos nossas habilidades empáticas. Para treinar a empatia em nosso dia a dia é preciso sair da poltrona e ir em busca de conexões humanas. É preciso praticar o exercício de ouvir o outro sem a necessidade de já criarmos um conceito sobre ela, a conversa é uma ótima oportunidade onde podemos usar a nossa imaginação para compreender as ações do outro e entender que existem visões de mundo diferentes das nossas.
Quando conectamos um grupo de crianças, na faixa etária de 5 anos, com um grupo de idosos de uma casa de repouso, observamos os esforços de ambos no exercício de compreender as suas diferenças. As crianças ao perceberem a limitação motora dos idosos os ajudaram, minunciosamente, na execução da atividade que estavam compartilhando com eles, criando novas relações e dando um novo sentido aquela experiência.


 SB: Quais são as principais conquistas do projeto?

OutroNós: Desde o início do projeto em 2015, buscamos oportunidades de aprimorar cada vez mais nossas ações, participamos de diversas experiências que contribuíssem para esse desenvolvimento, como o Social Good Brasil Lab; ChoiceUp São Paulo e a Maratona SEBRAE RJ. As participações em workshops e vivencias de conexões humanas também vem acrescentando e enriquecendo nossas ações.

SB: Expectativas para 2016?

OutroNós: Em 2016 queremos promover mais e mais encontros que conecte os mais diferentes grupos, o que chamamos de OutroLab. Realizar novas ações e vivências que promovam a empatia e inclusão social. Acreditamos que a verdadeira inclusão social se faz quando qualquer experiência é acessível a todas as pessoas, independentemente de suas condições. Todas as pessoas possuem potencialidades e são expert em suas próprias vivências, podendo acrescentar muito ao outro.

SB:  Um local (site/contato/Fanpage) para conhecer mais o OutroNós?

OutroNós:

SB: Breve biografia das fundadoras.

OutroNós: 

Daniella Reina e Letícia Pires
Letícia Pires: formada em física pela USP sempre atuou em causas sociais. Nos últimos tempos tem dedicado boa parte de seu tempo para estudar sobre negócios sociais, economia criativa e empreendedorismo criativo. É a mente mágica da OutroNós.
Daniella Reina: psicóloga atua na área social, na qual possui capacitações no âmbito do SUAS (Sistema Único de Assistência Social); Violência Doméstica contra a Criança e o Adolescente; ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). No momento sua principal dedicação é estudar sobre empatia e seu potencial transformador.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...