quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Projeto Arruaça - arte circense para tod@s!!!!

#EuSouProtagonista
  Arte é expressão, arte é canal, arte é educação, arte é resistência! Trabalhar com a arte hoje é mostrar e ser resistente em meio ao segundo plano conferido a mesma, renegando-a ou a substituindo pelos atrativos que o mundo moderno reserva em nossos lares e espaços urbanos.Porém, existem pessoas que resgatam essa arte e nos devolvem em forma de poesias e expressões diversas, o entretenimento sadio e humano às nossas periferias.

  Assim, surgiu o projeto Arruaça - formado por um coletivo de jovens artistas da periferia da capital cearense, eles levam arte circense para as comunidades de Fortaleza-CE.

  Apoiados pelo VI edital Ação Jovem da Rede Cuca (equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza para a juventude) e assessorados em 2017 por nós do Social Brasilis, o projeto fez apresentações de rua em quadro praças de comunidades da zona oeste da cidade.

Projeto Arruaça - bairro Jacareganga - Fortaleza-CE

  Durante as apresentações números circenses são mostrados e a comunidade fica atônica ligada em cada detalhe da apresentação. Engana-se quem pensa que os espetáculos organizados por essa trupe jovem fascina somente às crianças dos bairros por onde passam, eles deixam seu maior fascínio é nos adultos, pais e mães, vidrados nas apresentações do coletivo.

  As apresentações do grupo são divididas em três momentos. No primeiro um trio de palhaços faz apresentações vibrantes com malabares, depois uma jovem artista que encena junto a uma trilha de música clássica interagindo e performando com o público e finaliza com apresentação do Mauricio, líder do grupo, misturando arte circense com instrumentos musicais e pirotecnia ( números com fogo).
Maurício durante sua apresentação

  O melhor de tudo é a interação com a comunidade, o grupo recruta e forma um grupo de jovens que são responsáveis pelo monte e desmonte dos cenários e estrutura da trupe, além do sorteio de brindes e cestas básicas para os participantes do evento.

  Preservar nossa memória, incentivar a arte de rua, circense, manual, enfim, todos os tipos de arte, é dar voz para uma multidão. Um povo sem arte ver o mundo por olhos míopes, não é capaz de enxergar o horizonte de possibilidades, da amabilidade, do afeto e propósito naquilo que fazem.


   Incentivar a arte urbana, é dar esse olhar a multidão e isso o Arruaça tem mostrado não só pelos espetáculos que encenam, mas pela suas próprias vidas sendo resistentes em favor da manutenção da arte e da cultura. Ser protagonista é assumir seu propósito no mundo, seus gostos e aptidões...e assim, mostrá-las em forma de espetáculo, encenando o que você faz de melhor, brilhando o mais que puder e assim no meio da multidão novas luzes se acendem e começam, também, a brilhar.

  Conheça nossa campanha #EuSouProtagonista e seja como a galera do Arruaça coloque aquilo que você acredita nas ruas...o mundo inteiro é feito para gente brilhar.


Por mais artistas protagonistas,
Social Brasilis 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...