No último dia 17 de março, no espaço de eventos do Shopping Benfica em Fortaleza-CE, uma galera se reuniu para debater sobre tecnologia e sustentabilidade em projetos. Pela primeira vez, uma ação sobre a temática contou com um público amplo e diversificado, desde representantes de organizações do terceiro setor à universitários.
A proposta do evento foi oferecer aos presentes, um momento enxuto e objetivo para tratar da temática, priorizando atividades práticas e a interação do público.
No primeiro momento, houve uma apresentação institucional do Social Brasilis e a proposta da campanha #SocialFuture 2018, uma série de atividades que visam fomentar ideias de negócios sociais no Estado do Ceará,  por Elvis Alves – diretor de comunicação do Social Brasilis. Em seguida, abertura do painel “Tecnologia e sustentabilidade em projetos” com personalidades que contemplam todas as fases da construção de um projeto tecnológico e sustentável, possibilitando a visão do macro ao micro da execução de projetos. Nossos convidados contaram com a participação do Prof. Dr. Estêvão Fernandes – professor adjunto do Centro de tecnologia da UFC (Universidade Federal do Ceará) e chefe do Departamento de integração acadêmica de tecnologia da UFC (DIATEC), Gabriel Pires – consultor da Dialogus Consultoria em Responsabilidade social e especialista na temática negócios sociais e sustentabilidade, Fernanda Pantuzzi – lider do time Enactus UFC e estudante do curso de engenharia ambiental, Kaciane Silva – líder comunitária, educadora social e estudante de serviço social.
Durante o momento alguns participantes puderam fazer perguntas e interagir com os painelistas, contribuindo para enriquecer o momento.
A programação seguiu com um workshop prático para a construção de projetos, conduzido por Matheus Dias – embaixador/educador Social Brasilis de Camocim-CE e Bruno Ramos do Café com Startup – projeto de extensão da UFC. Utilizando a ferramenta 5w2h para a construção de projetos, os participantes se agruparam em torno de ideias já existentes de suas instituições e/ou elaboraram uma ideia de projeto implementando o uso da tecnologia e do impacto social positivo. Ao término, quatro equipes puderam apresentar suas ideias em formato de pitch de três minutos – discurso rápido de apresentação de uma ideia de projeto ou negócio social.
Workshop Construção de Projetos de impacto social
O Open Space #SocialFuture “Tecnologia e sustentabilidade em projetos 2018” foi encerrado por Manú Oliveira – fundadora do Social Brasilis, com um discurso rápido, ela falou sobre a importância de sermos resistência em meio ao caos social, de ter voz quando querem que calemos, de ter ação além das palavras e que lutar é um verbo que se pratica todos os dias, concretamente. Salientou a importância da entrega desse evento para a história do Social Brasilis – “Foi o maior evento que realizamos até agora e que foram à frente pessoas que participaram de ações realizadas por nós, que ganharam voz e hoje aqui protagonizaram aquilo que aprenderam conosco em nossas formações/programas na capital e no interior. Esse é o protagonismo que acreditamos.” – concluiu.
Manú Oliveira – Fundadora Social Brasilis
O evento contou com a parceria do Shopping Benfica e do time Enactus UFC e Café com startup para a organização do momento, ambos projetos de extenção da Universidade Federal do Ceará, além da nossa rede de embaixadores e parceiros de mobilização.
Agradecemos a todos os participantes e pelos feedbacks positivos que recebemos que superaram as falhas e demais imprevistos do momento.
Equipe organizadora Open Space #SocialFuture

Confira as fotos oficiais do evento clicando aqui.

Que venha o próximo…
Eq. Social Brasilis!

Deixar Comentário

Translate »